Dicas para gerir os custos de cloud da sua empresa

O nosso Head of Cloud Rui Ribeiro aborda as melhores práticas no que diz respeito à gestão de uma cloud empresarial.

Gerir os custos em cloud podem ser um desafio, mas é possível geri-los e reduzi-los, aproveitando ao máximo os seus serviços. É importante lembrar que o objetivo final é equilibrar a otimização de custos com a necessidade de manter o desempenho, a segurança e a disponibilidade das suas aplicações e serviços.

Muitas empresas têm vindo a descobrir que o controlo dos custos com a cloud podem ser um desafio significativo, principalmente à medida que continuam a subscrever novos serviços. Um dos principais motivos desse desafio é a dificuldade em prever e controlar esses custos, pois os padrões de uso das aplicações e os requisitos de recursos podem mudar rapidamente. Além disso, muitas organizações não estão totalmente cientes de todos os serviços e recursos que estão a ser utilizados e, como resultado, podem estar a pagar demais por recursos desnecessários.

Outro desafio com os custos cloud é a complexidade dos modelos de preços usados pelos cloud providers. Estes providers oferecem uma ampla variedade de serviços, cada um com a sua própria estrutura de preços e opções, o que pode dificultar a compreensão e a comparação dos custos de diferentes serviços.

Só em 2020, 61% das empresas migraram os seus workloads para a nuvem. Desde 2022, passaram a ser 94% das empresas a utilizar serviços na cloud.

No entanto, estas dificuldades são compensadas por muitos outros benefícios, como a escalabilidade, flexibilidade e confiabilidade. E usando estas vantagens, as empresas podem gerir e reduzir os custos, mantendo o valor dos seus serviços.

Como o mercado está em constante evolução e continuam a aparecer novos serviços e modelos de pricing, é importante manter-se informado e rever os custos regularmente para garantir que está a obter o melhor valor pelo seu investimento. E o feedback de empresas que já adoptaram serviços Cloud é muito positiva: cerca de 80% das empresas relatam melhorias operacionais após a adopção da cloud.

Como posso garantir um melhor controlo sobre os custos?

1. Entenda os serviços e recursos que está a usar e como eles são consumidos. Isso ajudará a identificar áreas onde pode otimizar o seu uso e reduzir custos

2. Implemente ferramentas de gestão e otimização de custos: os cloud providers oferecem uma variedade de ferramentas de gestão e otimização de custos que podem ajudá-lo a identificar e solucionar ineficiências no uso dos recursos. Estão disponíveis soluções como Azure Cost Management, AWS Cost Explorer e Google Cloud Billing, para ajudá-lo a identificar e otimizar consumos.

3. Estabeleça políticas de governance: desenvolva e implemente políticas de governance para garantir que sua organização adota as melhores práticas de gestão e otimização de custos.

4. Use instâncias reservadas e instâncias spot: reserve instâncias para uso de longo prazo e use instâncias spot para cargas de trabalho que podem tolerar interrupções.

5. Dimensione corretamente seus recursos: certifique-se de que os recursos que estão a ser usados estão configurados para as necessidades reais dos workloads produtivos.

6. Use o dimensionamento automático: implemente o dimensionamento automático para adaptar o consumo à procura.

7. Otimize a transferência de dados: otimize os custos de transferência de dados usando serviços como Amazon S3 Transfer Acceleration, Azure ExpressRoute e Google Cloud Interconnect.

8. Avalie e compare serviços: avalie os serviços que estão em uso e compare-os com alternativas mais econômicas que respondem às necessidades.

9. Atribua um owner de custos: os processos de finops têm maiores e melhores resultados quando são geridos com foco e responsabilidade, pelo que a nomeação de um responsável traz ganhos logo desde o início.

Seguindo estas estratégias e revendo regularmente os seus custos, conseguirá assumir o controlo das operações enquanto aproveita ao máximo os seus serviços cloud. Sempre tendo em consideração que é importante equilibrar a otimização de custos com a necessidade de manter o desempenho, a segurança e a disponibilidade das suas aplicações e serviços.

Últimos artigos

Inovação

Hiperautomação ágil e global com Izertis