#18 Future Enterprise Show com Alf Franzoni

Em mais uma edição do Future Enterprise Show, uma iniciativa da responsabilidade da IDC Portugal e da Nova IMS, em parceria com a Nexllence, a conversa foi com Alf Franzoni, vogal do Conselho de Administração e Diretor do Global Business Services e Lisbon Tech Hub da Siemens.

#18 Future Enterprise Show com Alf Franzoni

Em mais uma edição do Future Enterprise Show, uma iniciativa da responsabilidade da IDC Portugal e da Nova IMS, em parceria com a Nexllence, a conversa foi com Alf Franzoni, vogal do Conselho de Administração e Diretor do Global Business Services e Lisbon Tech Hub da Siemens.  

A conversa, que contou ainda com Gabriel Coimbra, da IDC Portugal e Fernando Bação, professor da Nova IMS correu ao sabor do momento. Do nosso lado, começámos por tentar perceber o que terá, afinal de contas, contribuído mais para o desenvolvimento profissional de um alemão há 10 anos em Portugal.  

Alf Franzoni recorda que nasceu e foi criado numa quinta alemã, a agricultura foi o seu dia-a-dia durante vários anos e gostava do que fazia… até que parou e se questionou se era mesmo aquilo que, afinal, queria para a sua vida. Segurou as rédeas com as suas mãos e partiu para trabalhar numa pequena empresa onde ficou alguns anos, antes de ingressar na Siemens. E, ao contrário do que possa parecer, a multinacional alemã nem lhe agradou assim tanto…ao início! “Era uma empresa muito conservadora em que não se podia sequer falar com o chefe do nosso chefe, por exemplo”, mas isso mudou: “Atualmente, somos uma empresa cool onde dá gosto trabalhar.” 

E, Alf Franzoni considera que “uma das coisas mais interessantes de acompanhar na Siemens é toda a aposta que tem sido feita em termos de digitalização e transformação ”não só em Portugal, mas a nível global. Este responsável assegura que é essencial a presença da marca no nosso país: “Eu vim para Portugal a partir de Espanha e quando cheguei eramos pouco mais de 80 profissionais, mas, nestes anos a Siemens cresceu tremendamente em Portugal.”  

Atualmente, a Siemens portuguesa conta com quase 2.200 pessoas e um vasto conjunto de áreas de negócio e serviços”. O mercado português “é muito competitivo e é mais fácil atrair profissionais qualificados que querem vir para Portugal”. Não é por acaso, que mesmo durante a pandemia, a empresa recrutou “quase 300 pessoas em 18 meses e esperamos crescer ainda mais em Portugal.

Mas para isso, é necessário também garantir condições de trabalho atrativas e Alf Franzoni sabe disso: “Dar a possibilidade de trabalhar a partir de casa é importante, mas torna-se ainda necessário criar estratégias para envolver os profissionais e os fazer sentir parte da empresa, mesmo em teletrabalho”. De resto, o trabalho à distância não era propriamente uma novidade na empresa, “que já tinha esta opção disponível antes da pandemia”, mas que pretende “reforçá-la ainda mais agora”.  

Antes de terminar, Alf Franzoni deixou ainda um conjunto de conselhos para quem está agora a começar os seus estudos superiores ou a iniciar-se no mercado de trabalho. Este responsável considera determinante “ter um efetivo background em IT, sem o qual será muito complicado despertar interesse no mercado; ao mesmo tempo, importa saber línguas, conhecer o mundo e ver o que se faz lá fora, mas, acima de tudo, ter a coragem de cometer erros e avançar assim mesmo, arriscar!” 

No final desta agradável conversa ficou a sugestão de um livro, no mínimo, original: “Fish!” E não, não se trata de um manual para a pesca, mas antes de um pequeno livro sobre gestão! 

Num mercado do peixe em Seatle descobrimos a fórmula certa para tornar este espaço, aparentemente pouco interessante para trabalhar, num local altamente atrativo e disputado. É uma incursão pelo mundo das melhores estratégias para mudar os processos e, ao mesmo tempo, que nos ajuda a perceber a importância de a gestão de topo e os seus administradores suportarem estas estratégias para as conduzir ao sucesso.

Curioso? Então não deixe de ler o livro, mas também de visualizar esta conversa que preparámos para si. 

Pode também assistir ao episódio completo aqui : Spotify​ , Google Podcasts  ou outras plataformas.

IDC Future Enterprise Show outubro 2021, Lisboa
Gabriel Coimbra

Gabriel Coimbra

Group Vice President and Country Manager at IDC

https://www.linkedin.com/in/gcoimbra/

Fernando Bação

Fernando Bação

Professor Catedrático na Nova Information Management School

https://www.linkedin.com/in/fernando-ba%C3%A7%C3%A3o-4024152/

Últimos artigos

Future Enterprise

#34 Future Enterprise Show com Madalena Talone