startup-g03c75dd74_1920

As Soft Skills que vai ter de dominar em 2022

Os desafios constantes num mercado em mudança exigem o domínio de diferentes competências comportamentais. Cada vez mais as soft skills assumem um papel relevante na performance e nos resultados dos profissionais e das suas organizações, contribuindo para o crescimento na globalidade.

A importância de desenvolver soft skills

Num panorama de acelerada transformação e grande competitividade, são as competências comportamentais dos talentos que marcam a diferença e potenciam a evolução ao nível individual e corporativo.

Pela importância do trabalho em equipa, da produtividade, da gestão de tempo, da comunicação e da liderança eficaz, as soft skills são cada vez mais valorizadas e em 2022 isso não será exceção. Segundo uma análise de 2020 feita pela Boostrs a 850 mil oportunidades no mercado, em média cada anúncio referia a importância de ter 4 soft skills e 80% indicava pelo menos uma.

Neste cenário, são as competências comportamentais que marcam a diferença, aceleram a evolução e potenciam os melhores resultados nas equipas. Do técnico que acaba de entrar no mercado ao expert mais entendido em TI, todos devem procurar desenvolver estas competências, apostando em formação especializada, como forma de se destacarem e otimizarem a performance.

Quais são as soft skills essenciais para 2022?

1. Design Thinking

Para encontrar soluções disruptivas e trazer inovação, é essencial desenvolver um pensamento analítico, crítico e criativo. A capacidade de ver a “big picture”, analisar uma situação, identificar problemas, prever consequências e tomar decisões atempadas é extremamente valiosa para os profissionais e, para as organizações, não tem preço.

Pela importância de saber prever diferentes cenários e resoluções, desenvolver a competência de design thinking revela-se muito importante num mercado de grande competição e mudança como o das TI.

2. Liderança

A gestão de equipas traz muitos desafios aos team leaders. Quando pensamos no teletrabalho, que vive um boom desde 2020, e na chefia de equipas de grandes dimensões, então surgem novas necessidades para conseguir liderar os talentos em direção aos melhores resultados.

Neste contexto, repleto de transformações, é fulcral que os gestores de equipa desenvolvam capacidades de liderança e motivação dos seus colaboradores, criando uma boa comunicação entre os membros e potenciando as competências de cada um para ótimos resultados.Mesmo numa perspetiva de evolução de carreira, esta competência é fundamental.

3. Comunicação assertiva

Comunicar uma mensagem de forma clara e direta é fundamental para o sucesso do trabalho, tanto em equipa como a nível individual. Entre as soft skills com uma valorização crescente em 2022 está precisamente a comunicação assertiva.

Através de diferentes técnicas para explorar elementos como postura, olhar e palavras, é possível desenvolver e dominar esta comunicação como uma verdadeira arte. São poucas as funções que não envolvam comunicação no dia-a-dia e o domínio desta competência trabalha-se ao longo da vida, mas também pode ser ensinada.

4. Adaptação e gestão na mudança

O mercado das TI transforma-se a grande velocidade e é exigido aos especialistas que acompanhem as tendências com igual produtividade e rigor. 

Para o conseguir é essencial desenvolver competências que permitam integrar e processar essa mudança no foro emocional, a um nível mais pessoal. Ao mesmo tempo, é importante encontrar as melhores formas e métodos para alcançar bons resultados produtivos, através da organização de tarefas, gestão do tempo e resolução do stress. A forma como agimos e reagimos perante a adversidade e a mudança impacta-nos individualmente mas, sobretudo também os colegas que nos rodeiam. Saber dominar as nossas emoções e saber reagir em ambiente profissional pode fazer a diferença entre um líder ou um executante, ou entre um profissional que é promovido e outro que é considerado “instável”. 

5. Persuasão e influência

O impacto da mensagem e o sucesso de uma conversa são exponenciados pela forma como se comunica com confiança. Esta capacidade está ligada de forma intrínseca a competências de persuasão e influência, essenciais para que um discurso ou apresentação alcance o seu potencial. Se há pessoas que aparentemente nascem com o dom natural da persuasão e influência, a maioria das pessoas precisa de aprendizagem e treino para ter realmente resultados positivos.

Pela importância que as soft skills adquirem, várias organizações e profissionais apostam no seu aperfeiçoamento e comprovam a melhoria nos resultados. A Olisipo desenvolve soluções de formação à medida, ajustando os planos formativos às necessidades dos especialistas e propondo ações relevantes nesta área de competências como:

Num mercado de acelerada mudança, é essencial que os especialistas estejam capacitados do ponto de vista comportamental para lidar com as exigências diárias. Conte com a formação da Olisipo para levar os seus resultados mais longe.

TODAS AS OFERTAS EM LIDERANÇA E DESENVOLVIMENTO PESSOAL