Motion blur of train moving inside tunnel in Tokyo, Japan

IDC FutureScape: O Futuro da Confiança no Mundo, Previsões para 2021

Um olhar para o que poderá vir a ser o Futuro da Confiança, através do mais recente estudo IDC neste campo. Fique a conhecer as principais previsões para 2021, a nível mundial, e adapte a sua empresa aos novos desafios. 

IDC FutureScape: O Futuro da Confiança no Mundo, Previsões para 2021

A era da transformação foi tema central nas previsões do último ano lançadas pela IDC através deste estudo e, uma vez mais, surge com importância redobrada em 2021, e enquadrada nas consequências que a COVID-19 representa. A pandemia veio expor fragilidades, obrigar a acelerar mudanças e estimular as organizações a repensarem as suas estratégias.

A repentina e inevitável “migração” dos trabalhadores para as suas casas, abraçando o trabalho remoto, ganhou peso ao mesmo tempo que se intensificou também a necessidade de assegurar uma maior entrega de valor ao cliente.  

Neste estudo, a IDC acredita que a grande diferença em termos de previsões reside, no entanto, na forma como a segurança passou a ser conduzida e como mudaram as expectativas de confiança das partes interessadas. Esta passa de mera proteção de dados e ativos para algo mais abrangente que integra já proteção de funcionários, parceiros e clientes. 

As organizações terão ainda de ter em conta os novos regulamentos em matéria de confiança e, igualmente, a pressão da indústria para fazer avançar as suas capacidades neste campo.  

Neste documento, a IDC apresenta aquelas que considera serem as 10 principais previsões sobre o futuro da Confiança e deixa ainda alguns conselhos para ajudar as organizações a abraçar as mudanças que tem pela frente.  

Entre essas previsões, destaque para o facto de, até 2023, no sentido de reduzir a complexidade da segurança enfrentada por uma equipe, 55% dos investimentos de uma empresa em segurança virem a ser feitos em ecossistemas unificados e estruturas de plataforma. 

Por outro lado, em 2024, dois dos três maiores provedores de nuvem pública estarão entre os 5 principais maiores provedores de serviços de segurança geridos, na sequência de várias aquisições; e, em 2023, 42% das organizações terão uma certificação regulatória de que os seus algorítmicos baseados em IA e ML são éticos (livres de preconceito e discriminação) e transparentes. 

"O futuro das organizações baseia-se na Confiança e isso é evidente nas 10 principais previsões de Confiança do futuro da IDC", de acordo com Michael Suby, vice-presidente de pesquisa do IDC, Segurança e Confiança. Este responsável acrescenta ainda que “aproveitando recursos de segurança disponíveis de forma eficaz, aderindo aos regulamentos de privacidade e proteção de dados e seguindo um rigoroso modelo de governança que se estende aos negócios, parceiros e fornecedores vão acabar por se tornar essenciais para fazer da confiança uma forma de diferenciação competitiva.” 

Conheça aqui o estudo na íntegra.