AdobeStock_213643302

A Nova Normalidade no Setor Financeiro: da Perseverança para a Aceleração

A pandemia, apesar de todos os seus impactos negativos, tem sido um enorme acelerador da transformação digital nos serviços financeiros. Pressionados a fazer mais com menos, muitos FSI fizeram avanços massivos na transformação cultural adaptando formas ágeis de trabalho.

A Nova Normalidade no Setor Financeiro: da Perseverança para a Aceleração

A pandemia, apesar de todos os seus impactos negativos, tem sido um enorme acelerador da transformação digital nos serviços financeiros. Pressionados a fazer mais com menos, muitos FSI fizeram avanços massivos na transformação cultural adaptando formas ágeis de trabalho.

Inicialmente focado em melhorar a colaboração interna e manter as operações em andamento, ao mesmo tempo que aborda lacunas nas experiências digitais, o foco agora está a mudar para a produtividade, eficiência e inovação para ter sucesso no novo normal. Isso significa repensar e construir a base para a inovação futura aproveitando a nuvem, a análise, ao mesmo tempo em que aborda os desafios persistentes em torno de dados, segurança e risco.

IDC Digital Innovation Connection outubro 2020, Lisboa

Nesta sessão, abordaremos os seguintes tópicos:

• Como o COVID mudou as prioridades de transformação e os roteiros?

• Quais são as lacunas na entrega de uma experiência digital de clientes e como isso afetará o futuro do seu modelo de distribuição?

• A necessidade de fazer mais com menos e como novas tecnologias podem ajudar a enfrentar desafios dinâmicos, como segurança cibernética ou decisões de empréstimo mais inteligentes.

Thomas Zink
Lead Analyst for IDC's European Financial Service Research