Equinix10

Seis novos mercados com acesso ao Microsoft Azure na Platform Equinix

A VMware e a Equinix facilitam o acesso das empresas ao Microsoft Azure

Equinix (Nasdaq: EQIX), empresa mundial de infraestrutura digital, anunciou hoje a expansão do acesso privado ao Microsoft Azure, por meio do Azure ExpressRoute na Platform Equinix®, respondendo às necessidades dos seus clientes em seis novos mercados globais, incluindo Berlim, Bogotá, Camberra, Dubai, Rio de Janeiro e Seul. A expansão deste serviço fornece às empresas um acesso direto e on-demand a uma variedade de serviços do Azure, incluindo a Azure VMware Solution, que ajuda as empresas a acelerar a migração para a cloud híbrida, movendo ou estendendo os ambientes VMware locais para o Azure.

Com esta expansão, os acessos de cloud privada ao Azure ExpressRoute passam a estar disponíveis em 32 áreas metropolitanas, ampliando ainda mais a posição da Equinix como um dos principais provedores de acessos ao Microsoft Azure ExpressRoute em todo o mundo.

À medida que as empresas prosseguem o seu caminho de transformação digital, mudando para arquiteturas de cloud híbrida, a conectividade privada e segura a provedores de serviços de nuvem, como o Microsoft Azure, mostra-se essencial para acelerar a jornada na direção da cloud. Para empresas que procuram migrar aplicações legadas estratégicas para a nuvem, a disponibilidade global expandida da Azure VMware Solution, por meio da Platform Equinix, pode ajudar a simplificar as implementações de cloud híbrida, transferindo facilmente as cargas de trabalho legacy e on-premises para a nuvem, com conectividade de elevada largura de banda e baixa latência.

Além disso, as organizações conseguem estender, ainda mais, o seu alcance global, acedendo remotamente aos serviços cloud do Azure ExpressRoute, por meio do Equinix Fabric™. Ao utilizarem os recursos de interconexão do Equinix Fabric, para se ligarem de forma privada ao Azure, as empresas podem otimizar o desempenho da Azure VMware Solution à escala global, minimizando a latência da rede e as preocupações com a largura de banda nas implementações de cloud híbrida.