FalandoTIDigital_dia1

Falando TI Digital – A Liderança nas Tecnologias de Informação

No dia 9 de dezembro decorreu o painel de Liderança nas Tecnologias de Informação com Rodrigo Jonas Fragola, CEO Ogasec e Rui Paiva, Chief Executive Officer of Risk Management Business Unit da Mobileum.

Foi dado ontem o pontapé de saída para a 3.ª edição do Falando TI Digital, numa ação conjunta entre a OUTMarketing Portugal e a OUTMarketing Brasil. A ação que pretende dar voz às empresas de Tecnologias de Informação, recebeu no dia 9 de Dezembro, do lado do Brasil, Rodrigo Jonas Fragola, CEO Ogasec e, do lado de Portugal, Rui Paiva, Fundador da We-Do Technologies e atual Chief Executive Officer of Risk Management Business Unit da Mobileum, para nos falarem de Liderança nas Tecnologias de Informação. O painel foi orientado por Alexandre Tili, CEO da OUTMarketing Brasil e por Ana Barros, Sócia Fundadora da OUTMarketing Portugal e Brasil.

Uma das primeira conclusões do painel “Liderança nas Tecnologias de Informação” foi que, se por um lado a pandemia veio acelerar a Transformação Digital das empresas, por outro lado o setor das Tecnologias de Informação foi dos menos impactados pela pandemia. Contudo, o painel formado por Rui Paiva e Rodrigo Fragola avançou que existem alguns desafios eminentes, nomeadamente a visão que há sobre o escritório: deixa de ser um espaço que está disponível 5 dias da semana, 8 horas por dia, e passa a ser um espaço que reúne as equipas para reuniões e brainstorming e a execução passa a ser feita em casa ou noutro espaço onde os colaboradores se encontrem.

Por outro lado, existe outro desafio. Depois tudo isto passar, afinal “depois da tempestade, vem sempre a bonança”, como é que os clientes vão lidar com o pós-pandemia? Foi Rodrigo Fragola quem levantou esta questão dizendo “a grande dúvida é o cliente”. Os clientes das empresas de Tecnologias de Informação, se antes pensavam que não era possível as empresas estarem a trabalhar para eles de forma remota, a pandemia veio provar o contrário. Como é que eles vão lidar com o pós-pandemia? Afinal: “Esta aprendizagem vai levar a modelos de entrega diferentes”, tal como disse Rui Paiva.

Foram ainda falados outros dois desafios: o primeiro é fazer a gestão emocional e de crenças das suas pessoas e como será feito o processo de integração de novos colaboradores – que foram recrutados digitalmente, não houve contacto físico, que não têm qualquer cultura das empresas e de como é que se faz o processo de onboarding destas novas pessoas, para garantir que estão alinhados com a cultura da empresa.

Falou-se ainda das competências de um líder: a partilha e a honestidade são qualidades destacadas por Rui Paiva. Já Rodrigo Fragola fala que nestas novas competências há um maior esforço de quem é liderado, porque o líder tem de estar verdadeiramente acessível. Não esquecer que “um líder, só é líder quando é reconhecido pelos pares” e que têm de ser definidos os valores: a honestidade, a partilha e a transparência. Quando um líder está a criar a organização, é ele quem dita as regras do jogo.

Dicas:

Rui Paiva: Libertar-nos de pessoas tóxicas.

Rodrigo Fragola: Temos de acreditar em projetos que parecem impossíveis, envolver as pessoas e descer na hierarquia e estar junto das pessoas a realizar esse projeto.

Mais do que tudo na Liderança é preciso gostar de pessoas!

Inscreva-se para o Falando TI e receba em exclusivo e em primeira mão as gravações dos 3 painéis!