Technology and engineering concept

Estratégia Integrada Permite Optimização Entre Canais, Acepi no IDC Customer Experience

Com mais de quatro décadas de existência, a Internet tem vindo a revolucionar a forma como os cidadãos vive, estudam, trabalham, compram, se relacionam e se divertem. Uma mudança acelerada ainda mais pela Covid-19. Cabe às empresas estarem aptas a responder a esta realidade em permanente mudança sob pena de ficarem para trás no mercado concorrencial.

Estratégia Integrada Permite Optimização Entre Canais, Acepi no IDC Customer Experience 

A Internet tem vindo a provocar mudanças profundas nas nossas vidas e, durante estes tempos de pandemia, as alterações são ainda mais evidentes “na forma como vivemos, trabalhamos, compramos ou nos divertimos”, sublinha Alexandre Nilo Fonseca, presidente da ACEPI, durante a sua intervenção no IDC Customer Experience 2021. 

Mas a Internet em si não é totalmente nova, “ela já foi criada no princípio dos anos 90 e, deste então, tem-se vindo a assistir a todo um processo gradual de mudança”. Mudança essa que começou na colocação dos primeiros websites, introdução do ecommerce, o marketing digital e as redes sociais, a introdução do mobile e, actualmente, “o dia-a-dia das empresas e a sua relação com os consumidores, com outras empresas e até com a administração publica é cada vez mais digital”.  

É desta forma que estamos a entrar na quarta década da internet e naquela que pode ser “a quinta vaga tecnológica da internet, o voice assistant”, ou seja, a utilização de aplicações e serviços que são activados por voz. 

 IDC Customer Experience Junho 2021, Lisboa

Atualmente, o consumidor vive sempre conectado, seja quando trabalha ou quando estuda e, depois de uma primeira internet nos dispositivos, temos agora a Internet das coisas “e mais tarde ou mais cedo iremos ter a internet das pessoas e um consumidor 5.0”, diz Nilo da Fonseca.  

Os conceitos confluem numa espécie de “batalha” entre digital e físico mas a verdade é que os dois mundos se começam a fundir num momento em que, grande parte das empresas em Portugal já está num conceito multi-canal “mas que não estão particularmente bem integrados”.  

Importa ainda olhar para o impacto da Covid-19 na Internet em Portugal e perceber que apenas 25% tem uma estratégia que integra loja física com digital “e isto é pouco porque os consumidores querem estratégias integradas, caso contrário as empresas estão a perder oportunidades”.  

“Ter uma estratégia integrada para optimização entre canais é um conselho que deixo às empresas”, diz Alexandre Nilo da Fonseca. 

Alexandre Nilo Fonseca
President of ACEPI - Digital Economy Portugal Chair of e-Logistics at Ecommerce Europe