OM_falandoTI3_1440_falandoti

Customer Centric na base do mind-set da cultura da sua empresa.

No final de contas, há uma mensagem a reter: o cliente vem sempre antes da inovação de uma organização e tudo o que a empresa fizer será sempre com foco no cliente.

Customer Centric nas Tecnologias de Informação

Na 2.ª edição do Falando TI Digital André Siqueira, Co-Fundador da Resultados Digitais, da área do Marketing; Nuno Vieira da Silva, Head of da Google Cloud, da área de Vendas e o especialista em Customer Success Hiram Damin, que nos vieram falar de Customer Centric.

Lembramos que “Marketing é atrair pessoas certas… e afastar aquelas que não fazem fit com o nosso negócio”, afinal, tudo passa por ter uma comunicação segmentada. Nunca é demais lembrar da importância de entender quais são as características do cliente, de forma a sabermos de que forma o produto ou serviço corresponde ao perfil do nosso cliente.

Ter uma filosofia de Customer Centric, deve partir desde logo do mind-set de cultura organizacional e do exemplo de Liderança. Ajustar o ciclo de vendas de acordo com as necessidades do cliente é fundamental, assim como, escalar leads, entender o ciclo de vendas e entender a área de atendimento ao cliente. Acima de tudo, as 3 áreas – Marketing, Vendas e Customer Success - devem ter uma visão muito holística e a própria empresa deve estar orientada para o cliente.

A Tecnologia e os processos existem para dar suporte ao negócio do cliente. Ter uma visão de Customer Centric é algo que não se pode implementar do dia para a noite e o Co-Fundador da Resultado Digitais, deixou-nos como dica, a importância de falarmos com o cliente e ouvi-lo com atenção. No fim de tudo, há uma mensagem a reter: o cliente vem sempre antes da inovação de uma organização e tudo o que a empresa fizer será sempre com foco no cliente.